segunda-feira, 23 de junho de 2008

Merda à porta do Hospital de Guimarães

Segundo o Público: “Alguns movimentos “pró-vida” estão a fazer convites, por SMS e e-mail, para uma “Velada pela Vida” junto ao Hospital de Guimarães onde, em seis meses, foram realizados 134 abortos, disse hoje à Lusa fonte da organização da iniciativa.

Considero-me um gajo tolerante. Mas, se fosse uma das mães que optou por abordar no Hospital de Guimarães, mandava todo esse bando de beatas dar uma voltinha ao bilhar grande. Em vez de estarem em casa a rezar ou a fazer filhos, optam por ir para o hospital julgar os outros. Francamente, que cambada de merdas. Será que as Mães de Bragança lá estarão também? Ahh, ok, é verdade... Essas só não gostavam do que as prostitutas andavam a fazer com os seus maridos.

2 comentários:

Capitão Merda disse...

Trata-se de gente tão merdosa que até tenho vergonha do meu apelido!
Trata-se de estupidez, não de moralismo e muito menos de qualquer utilidade social!
É o lixo humano no seu melhor!
A pretexto da vida, claro está.
De que vida falam é que não sei.
A mim lembra-me o Livro dos Mortos!
Mas gente dessa categoria dificilmente saberá do que estou a falar.
Ainda bem que não tenho categoria alguma!
Mas estão certos. O Hospital é o local ideal para os donos da vida! Alheia, claro, que própria deve ser pouca ou nenhuma...
Porra!
Vou continuar as férias e beber...

provocação disse...

Vamos lutar pelo nascimento destas crianças e não vamos esquecer que quando elas tiverem fome ou sofrerem maus tratos por pais que não as desejaram, chamamos as mães de Guimarães e elas vão cuidar das crianças, certo?