quinta-feira, 29 de maio de 2008

Carlos Queirós e o "Dossier Castanholas"

Carloz Queiroz, esse grande português treinador no além-mar, descobriu o que presumivelmente poderá ser o mais infame ataque à nação portuguesa: os espanhois querem naturalizar o Cristiano Ronaldo. Sim, é por isso que o Real Madrid tem tentado que futebolista abandone o Manchester United.

Ah pois, segundo as suas próprias palavras «Já fizeram o mesmo com Cristóvão Colombo, agora, parece que querem naturalizar o Cristiano Ronaldo. (...) Não será espanhol! Nem que a gente tenha que tomar outra vez Olivença...». Queiroz na posse do seu total bom senso apela à união do povo português e ainda lança a ameaça a 'nuestros hermanos' «Já se esqueceram do que nós lhes fizemos no passado? Não nos façam perder a paciência».

Ficamos contentes que, depois da reforma do saudoso Inspector Artur Varatojo, exista alguém com tão brilhantes capacidades de investigação e dedução. A nação está protegida!

1 comentário:

Toni disse...

O movimento "Olivença é nossa" já tem o seu mais recente ídolo. A causa monárquica também já tratou de enviar um convite a Queiróz para discursar no seu próximo evento.